segunda-feira, 23 de maio de 2011

Quando a Familia precisa de Cura?


Lc 15.11-32

INTRODUÇÃO
• Repensar a família, é buscar oportunidades nos desafios que se nos apresentam todos os dias na vivência do lar. Quero começar a minha reflexão a partir de algumas definições de família.
• O escritor F. Bastos de Ávila em seu livro "Introdução à Sociologia" diz: "A família é o único fenômeno social, além do fenômeno religioso, que se encontra em todos os tempos e em todas as culturas".
• No plano de Deus a família é uma ordem da criação (Gn 1:26-31; 2:18-25).
• A família é uma economia sócio comportamental ideal. Não existe outra que se possa comparar, ou seja, ela é a origem de tudo o que se possa pensar sobre relacionamento inter-pessoal.
• Para os judeus, a família sempre foi o agente integrador de grupo, o estabilizador emocional, e o corretivo psicológico. Eis a razão porque para eles, preservar a família, era preservar a pureza do seu povo, da sua nação.
• A família é o lugar privilegiado em que se inicia a educação e o exercício da fraternidade e da solidariedade em suas múltiplas formas. Aquilo que se aprende na experiência familiar, permanece por toda a vida. Não existe uma outra oficina, que se possa comparar à família, na modelagem do caráter do individuo.
• Além desta função, a família também serve como moderadora da ordem social. É nela que todos são chamados para servir. É nessa convivência que aprendemos que: "quem não serve não serve".
• A família também é o centro de promoção e laboratório do desenvolvimento cultural, social e humano pela sua própria vocação.
• Observe que tudo começa a partir da família. No caso da família cristã, sua função é desenvolver as virtudes do homem em sua tríplice dimensão: cultural, espiritual e material.
• Deus criou a família com propósitos bem claros, procriação, recreação, unificação e glorificação. Quando a família vive para cumprir os propósitos de Deus, ela se torna o lugar da manifestação da sua glória. Isso nos ajuda a compreender o porque a presença de Deus na família é imprescindível. Bernardino Conte disse: "A grandeza de Deus, compensa a pequenez do homem, está é a razão pela qual d'Ele não se pode prescindir". O salmista escreveu: "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam..." (Salmo 127.1a) Se faltar tudo na casa, mas preservarem a presença de Deus, do nada Ele pode chamar tudo a existência.
• Se a família é um projeto de Deus e existe para a sua glória, qual a resposta que daremos às pessoas que freqüentemente perguntam: "Por que famílias de pessoas boas fracassam? Por que bons casamentos terminam em divórcio? Como prevenir o adoecimento do relacionamento familiar? Quais são os sintomas que revelam que a família está doente?
• NA parábola do filho pródigo Jesus desenhou uma família que precisava de cura.
Apesar de ser um pai que todo filho gostaria de ter, a sua família estava doente.
I) QUANDO A FAMÍLIA PRECISA DE CURA?
1. Quando em nosso coração há uma desvalorização daquilo que ontem era precioso e de muito valor. (Ap 2.4)
• O pai se torna descartável.
• O lar perde sua importância.
• O irmão se torna dispensável.
O filho pródigo vendeu barato tudo isso, o pai, o irmão, o lar etc... Eis a razão porque o divórcio é a apostasia do amor. Porque é a rejeição daquele(a) que um dia foi apaixonadamente desejado. Eu preciso sempre estar fazendo um auto-exame para conferir se o que tinha muito valor para mim ontem continua tendo o mesmo sentido, o mesmo valor.
2. Quando o desejo de ir embora é maior do que o desejo de ficar, mesmo sem ter um motivo aparente. O que o filho pródigo tinha?
• ele tinha um campo, v.25
• estava cheio de novilho, v.30
• tinha uma casa para qual ele voltava no final do dia, v.25
• ele tinha amigos, v.29
• ele tinha empregados, v.26
• ele tinha acesso a boa música, v.25
Ele tinha proteção, conforto, amor, segurança, perdão, festa, mesa farta, carinho... Por que ele saiu? Por que ele foi embora? E porque tantos vão embora sem um motivo certo? A Bíblia, diz: "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá? Quando Jesus disse vigiai, era para vigiar o coração. Nada é tão perigoso como o nosso próprio coração. O filho pródigo foi traído pelo próprio coração. Sansão foi traído pelo seu coração. Davi foi traído pelo seu coração. Está escrito em Pv 4.23 "Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida".
3. Quando começamos a desejar "a morte do outro". "...pai, dá-me a parte que me cabe dos bens..." (Lc 15.12)
Pedir a herança antes da morte do pai era desejar que ele morresse. Quantos maridos, esposas, filhos e pais vivem pensando e até dizendo: "Que bom se ele(a) morresse". Há pessoas que até ora, Senhor prepara e leva meu cônjuge, meu pai, meu filho, meu irmão etc.
4. Quando dentro da família a festa do outro incomoda. "Ele se indignou e não queria entrar; ..." (Lc 15.28) No coração do irmão mais velho havia quatro fortalezas que precisam ser derrubadas na família.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Minha familia dentro da Realidade do Reino de Deus


II Rs 4.1-7
I. UMA VISÃO GERAL DA MULHER
1. As tarefas de uma mulher sao extraordinárias
2. Suas responsabilidades são imensas
3. Deus as equipou para esse grande labor
4. Uma grande tragédia em sua vida é a viuvez
5. A viuvez é um peso incomum para uma mulher
6. Sua carga aumenta sobremaneira com a perda do esposo
7. Essa mulher ficou viúva em tempos difíceis
II. OS PROBLEMAS DA MULHER AO FICAR VIÚVA
1. Seu esposo faleceu e deixou muitas dívidas
2. Tinha a tarefa de sustentar seus dois filhos
3. Todas as reservas de sua casa se acabaram
4. Os credores queriam tomar-lhe os filhos para pagar as dívidas
III. SEUS FILHOS
1. Eram dois
2. Eram obedientes, pois foram buscar vazilhas
3. Aprenderam a grande lição de fé
4. Foram testemunhas do milagre
5. Foram poupados da escravidão
IV. SUAS GRANDES DECISÕES
1. Decidiu procurar o profeta
2. Expôs-lhe os problemas
3. Recebeu as orientações do profeta
4. Creu e atuou segundo o que ouviu
5. Usou o restante do azeite que possuía
6. Experimentou um grande milagre
V. SEUS GRANDES EXEMPLOS
1. De piedade e devoção a Deus
2. De respeito ao homem de Deus
3. De sabedoria para procurar resolver seus problemas
4. De fé na solução de seus problemas
5. De obediência e submissão
6. De bom testemunho de vida
VI. GRANDES LIÇÕES DO EPISÓDIO
1. Onde existe fé existe a semente de um milagre
2. Onde existem portas fechadas (segredo guardado), Deus opera livremente, como no caso da filha de Jairo
3. Onde existe um profeta, existe a esperança de um milagre
4. Onde existe azeite, existe a “matéria prima” do milagre
5. Onde existe obediëncia, o milagre flui livremente
VII. A IMPORTANCIA DE TERMOS ALGUMA COISA À MÃO
1. O jovem tinha cinco pães e dois peixes, Jo 6.1-13
2. Moisés tinha uma vara, Ex 4.1-12
3. Davi tinha um alforge, uma funda e cinco pedras, I Sm 17.40-50
4. Gedeão tinha uma boa espada, Jz 6.20

Um tempo de entendimento renovado acerca do Espírito Santo!!!

Enchei-vos do Espírito – Ef 5:18

I. Ser Cheio do Espírito Santo
1. É possível – é a promessa do Senhor
2. É possível no inicio da vida cristã: Não só para os mais crescidos na fé.
3. É possível ser cheio repentinamente: Nem sempre temos que esperar.
4. É possível saber que fomos cheios: Os resultados são marcantes
5. Quais são as condições?
a) Confessar os pecados: O templo precisa estar limpo.
b) Entregar a vida ao Senhor: Precisamos nos render a Ele.
c) Crer na Promessa do Senhor: Precisamos crer que Ele nos deu. (Charles Inwood)

II. A Água Viva
“Se conheceras o Dom de Deus e Quem é o que te pede: dá-me de beber, tu Lhe pedirias e Ele te daria água viva” – Jo 4:10 – O Senhor Jesus estava falando com a mulher samaritana.
1. Se tu conheceras o Dom de Deus: Você sabe que Dom é esse?
2. Tu Lhe pedirias: Você seria movido a Lhe pedir
3. E Ele te daria: Jesus sempre cumpre o que promete
4. Ele te daria Água Viva: Rios de água viva do Espírito

III. Rios de Água Viva
“Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em Mim, como diz a Escritura, Rios de Água Viva fluirão do seu interior. Isto Ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que Nele cressem; pois o Espírito até aquele momento não fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado” – Jo 7:37-39

IV. Quem tem Sede
1. Você tem sede? “Bem aventurados os que tem fome e sede de justiça, porque eles serão fartos” (Mt 5:6). Deus espera que tenhamos essa fome para então nos satisfazer.
2. Você já bebeu? Beber significa receber e essa iniciativa é nossa. Ninguém pode fazer isso por nós. É algo pessoal.
3. Você já glorificou a Jesus? Existe um glorificar histórico que se deu na ascensão de Jesus. Mas este é experimental: Quem ocupa o trono da sua vida? Jesus tem o primeiro lugar?

V. Pedir ao Pai o Espírito Santo
“Se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que Lho pedirem?” – Lucas 11:13
1. Pedir: Mostra que eu creio na bênção do Espírito
2. Pedir: Mostra minha profunda necessidade
3. Pedir: Mostra a real possibilidade de receber. (G. MacGregor)

VI. A Vida Abundante Interior
“Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em Mim, como diz a Escritura, rios de água viva fluirão do seu interior. Isto Ele disse com respeito ao Espírito que haviam de receber os que nEle cressem; pois o Espírito até aquele momento não fora dado, porque Jesus não havia sido ainda glorificado” – Jo 7:37-39
1. A Provisão Divina: “Do seu interior fluirão rios de água viva”; Ele disse isso com respeito ao Espírito”.
2. A condição exigida: “Se alguém tem sede”.
3. Os passos para receber:
a) Venha a Mim – ao Único que pode nos dar o Espírito
b) Venha e beba – Como? Aquele que pede recebe
c) Glorifique a Jesus – Precisamos dar o primeiro lugar a Ele em nossas vidas. Precisamos entregar a Ele todas as chaves e principalmente aquela pequena que cabe entre os dedos (F.B. Meyer).

VII. As Vestes e o Óleo
“Sejam sempre alvas as tuas vestes e nunca falte o óleo sobre a tua cabeça” – Ec 9:8
1. Vestes alvas: A roupa simboliza a conduta, o caráter. O vestido da Noiva de linho fino, resplandecente e puro são os atos de justiça dos santos (Ap 19:8). O pecado, a carnalidade e o mundanismo entristecem o Espírito (Ef 4:30).
2. Óleo sobre a cabeça: O óleo simboliza a unção do Espírito Santo. Sua finalidade é produzir em nós a iluminação e o poder para testemunhar. Se não obedecermos o ensino da Unção (1 Jo 2:27) podemos apagar o Espírito (1 Ts 5:19).

VIII. Rute e Boaz – A Vida de União com Nosso Senhor
“Lava-te, unge-te e veste os teus melhores vestidos e desce à eira... chegarás e lhe descobriras os pés e te deitarás” – Rute 3:3, 4
1. Lava-te: A Pia do Lavatório (Ex 30:17-21) representa o Espírito Santo (a água) purificada pela lavragem da Água pela Palavra (Ef 5:26). Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar e purificar de todo pecado (1 Jo 1:9)
2. Unge-te: É preciso nos manter sempre sob a Unção.
3. Veste os teus melhores vestidos: Precisamos viver na pratica de atos de justiça e andar como o Senhor andou (1 Jo 2:6)
4. Descobriu-lhe os pés e se deitou: Precisamos entregar totalmente nossa vida ao Senhor. Ele não é apenas nosso Salvador; acima de tudo Ele é o Senhor! Ele merece tudo!

IX. A Porção Dobrada Prometida
“Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que eu te faca, antes que seja tomado de ti. Disse Eliseu: Peço-te que me toque por herança porção dobrada do teu espírito. Tornou-lhe Elias: Dura coisa pediste. Todavia, se me vires quando eu for tomado de ti, assim se fará; porém, se não me vires, não se fará” – 2 Re 2:9-10.
1. “Disse Elias a Eliseu: Fica-te aqui; respondeu Eliseu: não te deixarei” (2Re 2:2-6). Eliseu precisava vigiar para ver o momento em que Elias seria arrebatado. E ele viu e recebeu.
2. “Disse Eliseu ai rei Jeoás: Toma o teu arco e flechas... atira... toma as flechas... fere a terra com elas; Jeoás feriu a terra três vezes e parou. Então o homem de Deus (Eliseu) se indignou muito contra ele e disse: Cinco ou seis vezes a deverias ter ferido; então feririas os sírios até os consumir; porém, agora, só três vezes feriras os sírios” (2Re 13:15, 19). O próprio rei Jeoás limitou a bênção de Deus em sua vida.
3. “Ao lado destes repararam os tecoítas. Os seus nobres não meteram o pescoço ao serviço do seu Senhor. Então os tecoitas reparam outra parte” (Ne 3:5, 27). Os nobres recusaram trabalhar no muro e a parte deles foi dada aos humildes de Tecoa. Porção dobrada. Abre bem a tua boca e aencherei!
Ó bendito Paracleto, confirma o Teu domínio interior
Faca do meu corpo o Teu templo apropriado
Para Tua constante permanência.

Por muito tempo essa Tua casa
Foi possuída por amores estranhos
Deixou-Te excluído do seu santuário secreto
Considerou a Ti como um hospede insignificante.

Rasga agora, ó bendito Espírito
O véu do meu pobre coração;
Entra no Teu descanso por tanto tempo negado
E nunca mais vá embora.

Oh, ser cheio de Ti!
Nada além disso eu peço;
Pois todos os hospedes impuros devem fugir
Se Tu em mim habitares. (A.J. Gordon)

Autor: Delcio Meireles